19 de dez de 2012

Lavo as Mãos.




Fitar os olhos, torpe
no espelho do banheiro
fazer escorrer, qual sorte
segredos putrefeitos
por entre os dedos,
o pulso, a palma,
o braço inteiro.

Esquecer calado.
Enxugar com calma.

Mãos limpas,
mas e agora?
como lavar
a alma?

Nenhum comentário:

Postar um comentário